Formação

Na Equipa d’África acreditamos que a formação dos voluntários é essencial para que as missões se materializem da melhor forma. Por isso, ao longo do ano, partilhamos uma formação intensa e abraçamos projetos sociais que acreditamos serem essenciais na transformação dos nossos voluntários em cidadãos ativos e conscientes.

Ao longo da formação procuramos incutir no grupo de voluntários os valores da Associação Equipa d’África:

ENTREGA
SERVIÇO
VIDA EM
COMUNIDADE
ORAÇÃO

Por acreditar que a formação é essencial, os voluntários são motivados a participar de forma assídua e comprometida para que estejam aptos a partir para as missões da Equipa d’África. O processo de formação, que decorre de Novembro a Julho do ano seguinte, é composta por: reuniões semanais (alternadas entre reuniões de tema e de oração), campos de trabalho e outras atividades que serão descritas de seguida.

Os voluntários da Equipa d’África são ainda motivados a realizar voluntariado regular numa organização ou instituição nacional.

REUNIÕES SEMANAIS DE TEMA E ORAÇÃO

As reuniões de Tema pretendem contribuir para a formação dos voluntários através da apresentação de diferentes contextos de missão onde a Equipa d’África está presente, atividades que possam ser desenvolvidas e possíveis desafios e  dificuldades que poderão surgir e para os quais nos preparamos.

 

Para tal, recorremos à realização de diversas dinâmicas, testemunhos de antigos voluntários, voluntários mais experientes ou de membros de organizações com quem a Equipa d’África colabora frequentemente.

 

As reuniões de Oração são dedicadas a aprofundar a espiritualidade dos voluntários e a relação com Deus. Nestes momentos, procuramos criar espaços de reflexão e momentos que propiciem a partilha entre os voluntários.

 

 

CAMPO DE TRABALHO NO BAIRRO DO ZAMBUJAL

Desde 2017 que a Equipa d’África realiza o seu primeiro campo de trabalho no Bairro do Zambujal, em Alfragide. Esta atividade é realizada em parceria com a CAZAmbujal Associação Recreativa.

Durante este campo de trabalho, pretende-se que os voluntários conheçam a realidade dos Bairros Sociais em Portugal e estabeleçam o primeiro contacto com a cultura africana. Ao longo do fim-de-semana algumas das atividades desenvolvidas são a visita a famílias da comunidade, atividades lúdicas com as crianças e jovens, visitas a lares de idosos e participação nas celebrações religiosas que decorrem no Bairro do Zambujal.

CAMPO DE TRABALHO NO CATT

O Centro de Alojamento Temporário de Tercena (CATT), é um Lar de Acolhimento, gerido pela Santa Casa da Misericórdia de Cascais, que acolhe crianças e jovens em risco.

Este campo de trabalho tem como objetivo despertar nos voluntários o verdadeiro sentido de missão, uma vez que nos projetos, em Portugal e Moçambique, muitos dos problemas destas crianças e jovens são comuns àquelas que vamos encontrar.

CAMPO DE TRABALHO PEREGRINAÇÃO A FÁTIMA

Este é um momento em que os voluntários fazem uma avaliação do seu percurso até então, e, de uma forma consciente, tomam a decisão de dar disponibilidade para missão ou não.

Tendo a Equipa d’África um cariz religioso, é de fomentar neste campo as reflexões individuais e de grupo, sendo os voluntários acompanhados pelo assistente espiritual.

CAMPO DE TRABALHO NA CASA DE SAÚDE DO TELHAL

A Casa de Saúde do Telhal é um centro assistencial na área da psiquiatria, saúde mental e reabilitação psicossocial, situada em Sintra. Neste campo de trabalho, os voluntários são integrados nas tarefas diárias junto dos utentes.

Ao longo deste fim-de-semana de campo de trabalho, os voluntários e os utentes partilham momentos, onde os voluntários aprofundam o saber estar, trabalhando diferentes competências, tais como a tolerância, a empatia e a resiliência.